“Guia de boas práticas agroambientais”. É este o nome de uma nova publicação, recentemente lançada pela Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA). A entidade explica que este é o seu contributo para a “divulgação de melhores práticas agrícolas que garantam a sustentabilidade, a prazo, da produção agrícola e preservação dos recursos naturais do território”.

O guia será apresentado no próximo dia 22 janeiro, no decorrer do workshop designado – “Boas práticas agrícolas de gestão da biodiversidade funcional e serviços dos ecossistemas: planear, avaliar, implementar”. Além da apresentação da obra, a oficina será uma ocasião para analisar opções de design e implementação de aspetos do planeamento e gestão agrícola de maneira a melhorar a funcionalidade ecológica, desde o solo à paisagem, e assim garantir uma transição agroecológica mais sustentável dos diversos modelos de produção.

O “Guia de boas práticas agroambientais” já se encontra disponível online, e torna-se numa realidade no âmbito do projeto CERNE – Consolidar o Entendimento entre o Regadio e a Natureza no Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA). A iniciativa conta com financiamento do “Programa proteger a vida terrestre”, do Fundo Ambiental.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *