Foto: "Cascais Ambiente"

A partir do próximo mês de janeiro, Cascais vai passar a contar com dez máquinas de devolução de embalagens de bebidas, no âmbito do projeto piloto ‘iRec – Inovar a reciclagem’, que vai distinguir os utilizadores destas máquinas, pelo seu contributo para aumentar a reciclagem no concelho. Os equipamentos destinam-se à deposição de embalagens de bebidas vazias de vidro, plástico e latas.

A colocação destas embalagens nos equipamentos será recompensada com pontos atribuídos através da aplicação ‘CityPoints Cascais’. Esta aplicação tem como propósito distinguir práticas sustentáveis dos residentes em Cascais, sendo que os pontos alcançados poderão depois ser trocados por bens como como palhinhas de aço inoxidável, escovas de dentes em bambu, e experiências oferecidas pelo município de Cascais, como batismo de cavalo ou de segway, passeio de burro com guia, visitas a museus, acesso a pista de arborismo, entre outras.

O projeto piloto ‘iRec’ foi criado com o propósito de contribuir para uma economia circular, visto que os resíduos têm o ser valor e poderão ser reintroduzidos na cadeia económica como novos produtos, de forma a evitar o consumo de mais recursos naturais. Segundo Luís Almeida Capão, presidente do conselho de administração da ‘Cascais Ambiente’, a iniciativa tem também como objetivo “promover a mudança de comportamentos em relação ao consumo de bebidas em recipiente de uso único devido ao impacto que estes têm para o planeta e, em particular, para a redução da pegada ecológica coletiva e individual”.

Os equipamentos para a deposição de embalagens de bebidas serão instalados no Mercado da Vila de Cascais e em algumas lojas Auchan, Continente, E. Leclerc, LIDL e Pingo Doce, do concelho de Cascais. O projeto é financiado pelos EEA Grants, e conta com o apoio do Ministério do Ambiente, de acordo com os serviços de comunicação do município de Cascais.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *