Foto: CML

Lisboa é a primeira cidade portuguesa a acolher duas “City trees”, umas estruturas de madeira com variados tipos de musgo no seu interior, que purificam o ar, e que ainda fornecem dados ambientais do espaço envolvente, em tempo real.

Estes equipamentos encontram-se agora instalados na Ribeira das Naus, e têm capacidade para produzir oxigénio para até sete mil pessoas por hora. “Esta iniciativa é muito útil para a cidade de Lisboa. É um projeto decisivo, uma vez que nos permite obter dados adicionais fundamentais e identificar áreas verdes e pontos críticos da cidade”, explica em comunicado Miguel Gaspar, vereador da Mobilidade da Câmara de Lisboa.

De acordo com o responsável, este projeto resulta do “esforço e investimento que Lisboa está a fazer para ser cada vez mais uma cidade sustentável”. Os dados recolhidos pelos novos equipamentos podem ser consultados em tempo real, no website da empresa instaladora.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *