A nova exposição temporária do Santuário de Fátima abre ao público no próximo dia 30 de novembro, no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, sob a designação “Rostos de Fátima: fisionomias de uma paisagem espiritual”. A nova mostra vai debruçar-se “sobre o tema da morte e da vida, como momentos luminosos da peregrinação do Homem no mundo”, e “irá contar a história de Fátima nos vários rostos que a fizeram e cuja identidade conduzirá à esperança, nesta época de insegurança, em que a necessidade do uso de máscaras tapa os rostos humanos”, referem os serviços de comunicação do templo mariano da Cova da Iria.

A mostra percorre assim os “rostos que construíram Fátima do ponto de vista da fé, do património e da cultura, sem deixar de olhar pluralmente para os que, durante anos, se insurgiram como críticos e opositores a Fátima”, destaca o santuário da Cova da Iria. Na primeira parte da exposição, é apresentado “o primeiro século de Fátima, dão-se a conhecer os rostos relevantes da história da Cova da Iria, a começar pelos três videntes”. Na segunda parte, o público envereda por “um percurso orante e centrado na fé, desafiando o visitante a interpelar-se sobre a sua condição humana, numa espécie de jogo de espelhos que confronta a realidade concreta que vivemos com o desejo relacional com a transcendência”.

As peças em exposição pertencem, na sua maioria, ao espólio do Santuário de Fátima, existindo também artefactos dos Museus do Azulejo, de Aveiro e da Póvoa do Varzim, assim como arquivos e bibliotecas privadas. A mostra poderá ser conhecida gratuitamente até ao dia 15 de outubro de 2022. Os serviços de comunicação do santuário asseguram que a mostra vai cumprir “todas as regras de segurança sanitária exigidas neste tempo de pandemia e respeitará, na integra, o plano de contingência que o Santuário de Fátima tem em vigor”.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *