Foto: Santuário de Fátima

Os fiéis que participaram nas celebrações da Peregrinação Internacional Aniversária de julho ao Santuário de Fátima, foram convidados, na noite do último domingo, 12, a confiarem na “eficácia” da Palavra de Deus, mesmo nos cenários mais difíceis, como a atual pandemia, e a deixarem-se transformar por ela. “A Palavra de Deus não deixará de ser eficaz”, disse Vitorino Soares, bispo auxiliar do Porto e presidente desta jornada.

“Também nós hoje nos interrogamos, diante do contexto de pandemia que vivemos e que a todos nos afeta: situações traduzidas pelas incertezas, inseguranças, pela desconfiança, pelo desemprego, pelas dificuldades financeiras, pelo isolamento… Também nos interrogamos, quando é que isto vai acabar, como será o futuro?”, questionou o prelado, adiantando, mais uma vez, que “a Palavra de Deus não deixará de gerar vida no povo de Deus e em cada um de nós.”

Vitorino Soares peregrina à Cova da Iria pela primeira vez enquanto bispo, e expressou o seu agradecimento a António Marto, cardeal e bispo na diocese de Leiria-Fátima, para presidir a uma peregrinação internacional, pela primeira vez. “Nesta hora e nestas circunstâncias da pandemia que vivemos, saudamos Maria, nossa Mãe e invocamos a sua proteção e o seu aconchego maternal”, disse o prelado, citado pelos serviços de comunicação do santuário.

Vitorino Soares deixou votos de que esta jornada se torne num “momento de graça e misericórdia para todos”. “Nesta noite, invoquemos Maria, nossa Mãe, para que o nosso coração acolha a grande palavra que é o seu Filho, Jesus, e interceda por cada um de nós, pelas nossas famílias e pelo mundo”, pediu o religioso.

No decorrer da celebração da Palavra, os fiéis oraram pelas vítimas da atual pandemia, “para que a graça e a misericórdia de Deus sejam sua esperança e seu conforto”. No fim da celebração, Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor no Santuário de Fátima, convidou os peregrinos a confiar a Nossa Senhora os seus “anseios, preocupações, tristezas e alegrias”. A jornada conta com dois grupos portugueses inscritos.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *