Foto: EPA / Rolex Dela Pena

Os líderes da Igreja Católica nas Filipinas acolheram com satisfação a determinação do governo que permite retomar as celebrações religiosas com a presença de fiéis, a partir desta sexta-feira, 10 de julho. “É um novo começo”, reagiu o bispo Broderick Pabillo, administrador apostólico da arquidiocese de Manila.

Os bispos asseguram que a Igreja “seguirá os protocolos indicados pelo governo para ajudar a prevenir a propagação do coronavírus” e pedem aos crentes que respeitem as medidas de distanciamento social, o uso de máscaras de proteção e a lotação máxima permitida dentro dos templos, para que a retomada das celebrações comunitárias seja feita em segurança.

Entretanto, e para ajudar os que sofrem de ansiedade ou de outros problemas de saúde mental por causa da pandemia, a diocese de Kalookan criou uma linha telefónica especial (Covid Hope-line), assegurada por especialistas em saúde mental, psicólogos e sacerdotes.

“Nesta fase de crise e dificuldade, somos chamados a reavivar a esperança daqueles que sofrem, se sentem mal, estão em fase de testes ou sofrem de enfermidades. A Igreja deve estar pronta para fazer frente a estes problemas”, justificou à agência Fides o bispo de Kalookan e vice-presidente da Conferência Episcopal das Filipinas, Pablo David.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *