O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) enviou para a Índia equipamentos para socorrer as vítimas da Covid-19. Entre os bens fornecidos estão “três mil cilindros de oxigénio, kits médicos”, assim como “mais de 500 cânulas nasais de alto fluxo e 85 máquinas RT-PCR, que realizam os testes da Covid-19”, referem os serviços de comunicação das Nações Unidas.

O apoio da UNICEF acontece também através da “compra e instalação de 25 centrais de oxigénio para hospitais no nordeste e no estado de Maharashtra, e a instalação de mais de 70 scanners térmicos em vários portos de entrada em todo o país”. A agência mobilizou ainda especialistas para os “Estados mais atingidos, como Maharashtra, para prestar apoio às autoridades estatais e locais para o planeamento e monitorização de respostas de curto prazo”.

Em Childline, foram “distribuídos mais de 11 mil kits de proteção pessoal para que os serviços de acolhimento de crianças possam continuar a operar”. O UNICEF encontra-se a prestar “apoio técnico ao governo e parceiros para ajudar 12,3 milhões de crianças em 17 estados a continuarem a aprender a partir de casa”. Os Centros de Aprendizagem Móvel, em Bihar, encontram-se atualmente a apoiar 28 mil crianças.

O UNICEF e outros parceiros encontram-se ainda a ajudar o governo na “aceleração do lançamento da vacina e no combate à desinformação, com a produção de novos conteúdos multimédia em várias línguas”. Atualmente, a Índia é o país mais afetado pela Covid-19. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que “perto de 4 mil pessoas morreram” só na última quarta-feira, 5 de maio. No total, “mais de 230 mil pessoas já perderam a vida”.

Tagged: