O departamento juvenil da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) prepara-se para receber 15 jovens voluntários de diversos países da Europa em equipamentos do movimento adequados para o efeito, no âmbito do “Acting local, changing global”, um projeto de voluntariado europeu, financiado pelo programa “Corpo europeu de solidariedade”.

O objetivo é que entre janeiro 2021 e janeiro 2022, estes voluntários levem a cabo, nos equipamentos de acolhimento, variadas “atividades de educação não-formal que promovam a solidariedade de crianças e jovens vulneráveis, ao mesmo tempo que desenvolvem as suas próprias competências, atitudes e valores pessoais de interculturalidade”, explicam os serviços de comunicação da Cruz Vermelha.

Os voluntários envolvidos neste projeto deverão assim “contribuir para a inclusão social das crianças e jovens das comunidades em que vão estar inseridos”. O projeto “Acting local, changing global” parte assim para a sua terceira edição. As duas anteriores desta iniciativa estão ainda em curso, nas delegações de Braga, Cucujães, Guimarães, Vila Nova de Gaia e no Centro Humanitário de São João da Madeira.

Tagged: