O luto em tempo de pandemia é um assunto que vai estar em análise no decorrer de uma formação, entre os próximos dias 16 e 30 de abril. A formação é uma iniciativa da Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN Portugal) e vai decorrer em ambiente digital. A iniciativa é especialmente destinada a psicólogos, técnicos de serviço social, psicopedagogos, terapeutas ocupacionais, animadores socioculturais, educadores sociais, assim como outros profissionais que lidam com a população idosa.

A formação deverá contribuir para que participantes consigam “identificar as diferentes fases do luto, distinguir o luto normal do luto patológico e avaliar a necessidade de ajuda e intervenção no processo do luto”. Os formandos deverão ainda “adquirir competências para melhor saber prevenir e intervir em processos do luto”. Os organizadores da iniciativa destacam a sua importância no atual contexto.

“Vivemos momentos muito desafiantes com a atual pandemia. É normal sentirmo-nos perdidos, assustados, sem saber como e o que fazer. A dor emocional faz parte do processo de viver mas pode e deve ser vivida de uma forma adaptativa e saudável. Saber identificar, viver e ultrapassar de forma positiva um processo de luto permite melhorar a nossa qualidade de vida e dá-nos a força, a coragem e a confiança para seguir em frente”. As inscrições decorrem até esta sexta-feira, 9 de abril.

Tagged: