O secretário-geral das Nações Unidas alerta para a exploração desenfreada das florestas, que causa a perda de biodiversidade e alterações no clima, e pede aos líderes mundiais que aumentem os seus compromissos para fazer mais para proteger as áreas florestais, um setor fundamental para se atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Numa mensagem em vídeo, a propósito do Dia Mundial da Vida Selvagem, que se assinala esta quarta-feira, 3 de março, António Guterres lembra que as matas abrigam 80 por cento de todas as espécies terrestres, ajudam a regular o clima e fornecem subsistência a milhões de pessoas.

Porém, todos os anos o mundo perde 4,7 milhões de hectares de floresta, uma quantidade comparável a mais do que o território da Dinamarca. Outra das preocupações do líder da ONU prende-se com o tráfico de madeira, que causa até 90 por cento do desmatamento tropical em alguns países, e o comércio ilegal de espécies e atividades do crime organizado contra a natureza que também levam a doenças zoonóticas como ébola, Covid-19 e outras enfermidades.

Tagged: