Carlos Ruiz Massieu, chefe da Missão de Verificação das Nações Unidas na Colômbia | Foto: ONU

“Encontrar formas para travar a violência é fundamental para cumprir a promessa do acordo de paz” na Colômbia, afirmou esta semana o chefe da Missão de Verificação das Nações Unidas no país, lamentando a ação de alguns grupos armados, enquanto os ex-combatentes e o governo continuam comprometidos com a paz.

Segundo Carlos Ruiz Massieu, “os recentes massacres são um doloroso recordatório de como civis inocentes, incluindo jovens, são vítimas destes grupos”, e um sinal da importância de “finalizar e implementar a política pública para o desmantelamento dos grupos armados ilegais, organizações criminais e as suas redes de apoio”.

Na apresentação do mais recente relatório ao Conselho de Segurança da ONU, o representante do secretário-geral da organização explicou que o Alto Comissariado para os Direitos Humanos documentou 42 massacres em 2020 e está a estudar mais 13 incidentes.

“Junto-me à sociedade, ao governo e aos atores políticos colombianos para condenar energicamente os múltiplos assassinatos que têm tido lugar nos últimos meses, incluindo de meninos, meninas e jovens, e peço às autoridades que levem rapidamente perante a justiça as pessoas responsáveis”, afirmou Massieu.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *