O panorama político, económico e social na Venezuela mantém-se extremamente grave. Angelo Treccani, um sacerdote missionário suíço que se encontra em missão na paróquia de El Soccoro, no Estado de Guarico, no centro da Venezuela, traça um cenário dramático de diversos problemas enfrentados pela população.

“Aqui a situação é muito grave do ponto de vista de alimentos e remédios. Nada funciona mais. Oitenta por cento das pessoas não comem normalmente. Todos os dias sou cercado por pedidos de ajuda. É difícil explicar como o país chegou a este ponto”, lamenta o sacerdote, citado pelos serviços de comunicação do Vaticano.

De acordo com o sacerdote, atualmente os salários são de apenas alguns dólares mensais e as aulas encontram-se suspensas. “Temos uma fazenda que produz tudo. Estamos a ensinar as pessoas a produzir tudo o que precisam para que não tenham que comprar, porque todos os produtos são muito caros”, conta o religioso.

Angelo Treccani encontra-se na Venezuela desde 1983. O atual cenário é muito diferente daquele que inicialmente encontrou. “Quando cheguei a este país ninguém estava a passar fome e o sistema de saúde funcionava, mas, infelizmente, há uma falta de consciência cívica e política. O voto não deve ser dado apenas com base em promessas feitas na campanha eleitoral”, considera o responsável, adiantando que o povo venezuelano é detentor de grande fé e confiança.

Tagged: