O Dia Mundial da África é celebrado esta segunda-feira, dia 25 de maio. Numa mensagem destinada a assinalar a data, António Guterres, secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), destaca que os países africanos demonstraram uma “liderança louvável através de uma resposta rápida e coordenada à Covid-19”.

O responsável manifesta a sua solidariedade para com o continente, e lamenta o facto da atual pandemia “ameaçar atrapalhar o progresso dos países africanos” para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e as metas definidas na Agenda 2063 da União Africana.

Guterres felicita diversas ações africanas com vista à contenção da Covid-19, como acordos e esforços de reconciliação, a criação de um fundo de resposta à doença, a adoção de “medidas robustas para conter a propagação do vírus e mitigar os impactos socioeconómicos”, os cessar-fogos concretizados, e elogia ainda as autoridades africanas por apoiarem o apelo à paz e ao fim da violência, inclusive contra mulheres e raparigas.

Num ano de eleições em cerca de duas dezenas de países africanos, o secretário-geral da ONU refere que a pandemia poderá levar ao adiamento de algumas eleições, com possíveis consequências para a estabilidade e a paz. Nesse sentido, o responsável pede aos políticos africanos que se envolvam num “diálogo político inclusivo e sustentado, para aliviar tensões e defender práticas democráticas nesses processos”.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *