Miguel A. Lopes / Lusa

Os clientes de 1.300 superfícies comerciais portuguesas doaram “mais de 1.680 toneladas de géneros alimentares” para os Bancos Alimentares Contra Fome, no decorrer de uma campanha que teve lugar no último fim de semana, dias 27 e 28 de novembro. Os bens doados foram recebidos por “22 mil voluntários”, segundo os responsáveis pela iniciativa, que adiantam que apesar de uma redução do número de lojas e de voluntários, a “quantidade doada superou as expetativas, representando uma adesão extraordinária”.

Isabel Jonet, presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares contra a Fome, destaca a importância da iniciativa. “Embora não possamos ainda fazer um balanço totalmente final, a adesão à campanha do fim-de-semana foi muito positiva. Os voluntários dos Bancos Alimentares voltaram de forma presencial, com resiliência e na procura da retoma à normalidade, embora com todos os cuidados que a situação sanitária impõe, numa campanha bem conhecida dos portugueses, uma festa da partilha e da solidariedade, não obstante o recente agravamento da situação pandémica. E fizemos este regresso com a consciência de que a pandemia não foi neutra para muitos dos nossos concidadãos, que viram agravada a sua situação económico-social e as carências alimentares que os afetam. Não podemos, por isso, deixar de agradecer de coração cheio a todos aqueles que disseram presente neste fim-de-semana, quer doando alimentos, quer oferecendo o seu trabalho voluntário para acudir aos portugueses mais necessitados”, disse a responsável.

Segundo a entidade organizadora da campanha, os bens doados “serão distribuídos, a partir da próxima semana, a 2.700 Instituições de Solidariedade Social, que os entregam a cerca de 450 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas”. Até ao próximo domingo, 5 de dezembro, é ainda possível solicitar nas caixas das lojas aderentes um “vale que possui um código de barras específico para o Banco Alimentar, sendo depois os produtos selecionados adicionados à conta no ato do pagamento e entregues ao Banco Alimentar da região onde foram doados”. É ainda possível doar alimentos para esta causa online.