Foto: OMS Guiné-Bissau

A Organização Mundial da Saúde (OMS), uma agência das Nações Unidas dedicada à saúde, mantém-se a “reforçar o sistema nacional de saúde” na Guiné-Bissau. Maria de Fátima Vieira, Secretária de Estado de Gestão Hospitalar, agradece o apoio do organismo.

A responsável afirma que a agência da Organização das Nações Unidas (ONU) “é um parceiro incontornável no fortalecimento do sistema de saúde”. De acordo Maria de Fátima Vieira, através do apoio financeiro da OMS, em breve serão distribuídos “11 aparelhos de raio X pelas diferentes regiões do país”.

Juntamente com o Ministério da Saúde Pública – Governo da Guiné-Bissau, a OMS entregou esta semana aos centros de saúde guineenses, 1.524 Equipamentos de Proteção individual (EPI). Beneficiaram com esta ação os hospitais de Cumura, Nacional Simão Mendes, Raoul Follereau, Militar, assim como os laboratórios Jean-Piaget e Nacional. Helena Maurício, enfermeira chefe no Hospital de Cumura, destaca a grande importância desta iniciativa, lembrando que as “batas dignificam o trabalho” de cada profissional.

Tagged: