A Organização Internacional para as Migrações (OIM), com a colaboração dos seus parceiros e doadores, conta enviar cerca de 630 mil euros para resposta urgente às vítimas dos dois furacões que atravessaram a América Central no espaço de apenas duas semanas e deixaram milhares de pessoas desalojadas.

A verba servirá para financiar ações de reconstrução nas Honduras, Guatemala e El Salvador e para a compra de kits de higiene, equipamento de proteção, alimentos, material de limpeza e outros itens para distribuir pelas pessoas afetadas.

Segundo a diretora-regional da OIM para América Central, América do Norte e Caraíbas, Michele Klein-Solomon, em apenas duas semanas, os furacões Eta e Iota atravessaram a região da América Central causando mortes e desalojamentos, devido às fortes chuvas e deslizamentos de terra.

No sul do México, quase 297 mil pessoas foram atingidas pelas intempéries e pelo menos 30 morreram. A OIM está a apoiar também dois abrigos no estado de Chiapas, onde tem distribuído água potável e auxiliado na reparação de telhados atingidos pelas tempestades.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *