Foto: Diocese de Tombura-Yambo

A celebração do sexto aniversário da morte de Joseph Gasi Abangite, o primeiro bispo a ser incardinado na diocese de Tombura-Yambo, no Sudão do Sul, foi aproveitada esta semana para a apresentação da primeira Bíblia em língua zande, uma publicação que resulta de um trabalho missionário de vários anos.

Numa carta pastoral, citada pela agência Fides, o atual bispo de Tombura-Yambio, Eduardo Hiiboro, realçou a importância que esta edição da Sagrada Escritura adquire para mais de quatro milhões de fiéis que falam a língua zande no Sudão do Sul, na República Democrática do Congo e na República Centro-Africana.

“O meu desejo, como ordinário da diocese católica de Tombura-Ymbio, é o de celebrar, estudar, divulgar e viver a Palavra de Deus para que se torne o foco de todos os aspetos da vida. Esperamos que a Bíblia se torne uma referência e uma inspiração para a vida de todos os fiéis e para a Igreja de Tombura-Yambio, que continua a celebrar, ler, rezar e compartilhar a Palavra de Deus”, afirmou o prelado.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *