Foto: Maria Liani Postai

O Papa Francisco decidiu enviar uma ajuda inicial de 200 mil euros para o povo haitiano afetado por um terremoto de magnitude 7,2 na escala de Richter que provocou, pelo menos, 2.200 mortes, 12.268 feridos e graves danos materiais. Segundo os serviços de comunicação do Vaticano, a quantia destina-se às “dioceses mais afetadas pela calamidade e será utilizada na assistência às vítimas do terremoto”.

O Santo Padre também tomou a decisão de enviar uma primeira ajuda de emergência de cerca de 69 mil às populações de Bangladesh, que foram recentemente afetadas pela passagem do ciclone Yaas. O Sumo Pontífice ordenou ainda o envio de 100 mil euros para a população do Vietname, “que se encontra em grave dificuldade devido às consequências socioeconómicas associadas à pandemia da covid-19”, adiantam os serviços de comunicação da Santa Sé.

O envio destas contribuições decididas pelo Papa Francisco acontece através do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, um organismo especialmente vocacionado para o apoio a pessoas migrantes, pobres, doentes e excluídos. No Haiti, a ajuda será distribuída em colaboração com a Nunciatura Apostólica da Santa Sé.

Tagged: