Foto: ZCCB

Bastaria que cada zambiano doasse 21 cêntimos de euro por mês à sua paróquia para que estivesse assegurada a alimentação das famílias em mais dificuldade, afirmou o representante dos bispos católicos da Zâmbia, ao lançar um pedido de ajuda a nível nacional, face à precariedade de recursos que assola o país devido à pandemia de Covid-19.

“Nada é demasiado pouco. Todos teriam comida até ao final do ano, se cada um de nós oferecesse o equivalente a 26 centavos de dólar [cerca de 21 cêntimos de euro] por mês numa das paróquias da Zâmbia”, disse Moses Hamungole, bispo de Monze, manifestando preocupação pelo esgotamento de recursos por parte da Igreja, tendo em conta o aumento das necessidades gerado pela emergência pandémica.

Citado pela agência Fides, o bispo mostrou-se ainda apreensivo com o facto do novo coronavírus continuar a devastar comunidades e a agravar o impacto nos serviços de saúde, no setor social, económico e político. As estatísticas mais recentes davam conta de mais de 13 mil casos positivos de Covid-19 no país e cerca de 300 mortos.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *