a peça que sobe à cena em Lisboa mostra como pode existir uma relação de harmonia entre pessoas de religiões diferentes
a peça que sobe à cena em Lisboa mostra como pode existir uma relação de harmonia entre pessoas de religiões diferentesÉ já hoje, 28 de Março, e amanhã que sobe ao palco a peça O Senhor Ibrahim e as flores do Corão, que nos traz uma história de um velho árabe e de um menino judeu para mostrar que é possível uma coabitação harmoniosa entre pessoas com origens e religiões diferentes.
a peça é a história, que Fátima Missionária já antecipou, de Ibrahim, um árabe comerciante, e de Momô, contador de histórias que assim entretém o velho homem. Da autoria de Eric-Emmanuel Schmitt, é levada ao palco, em Lisboa, no Instituto Franco-Português, esta noite, às 21h30, e amanhã no mesmo horário.
Esta caixa de segredos, assim fala do texto do espectáculo o seu autor, serve para melhor se compreender a alteridade: há muçulmanos e judeus, e o cenário parece o do grande teatro da guerra. Mas depois o que vemos é um velho e uma criança, e o palco é apenas uma caixa misteriosa em que se aprende a ternura, a vida e a morte, o perfume das flores que secaram dentro de um livro que é o Corão, mas que também podia ser a Bíblia ou a Torá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *