Equipa da companhia de águas foi sequestrada. UNICEF condena ataque e exige que trabalhadores possam operar em segurança na região sudanesa
Equipa da companhia de águas foi sequestrada. UNICEF condena ataque e exige que trabalhadores possam operar em segurança na região sudanesa a UNICEF – agência das Nações Unidas (ONU) para a infância – condenou esta terça-feira o sequestro e rapto de uma equipa de engenheiros da empresa de águas do país, do Norte do Darfur, no Sudão, e veio exigir a libertação imediata dos quatro homens e seus equipamentos.
O representante da UNICEF no país, Ted Chaiban, disse – numa declaração emitida em Cartum – que era inaceitável que os funcionários da companhia estatal das águas fossem alvo deste tipo de ataques. Esta empresa é a principal parceira do Fundo de apoio à Criança na prestação de serviços de água e saneamento, em toda a região norte do Sudão, incluindo o Darfur. Para Chaiban é um importante parceiro da agência.
Este incidente sublinha que não se trata apenas da ONU e de organizações não-governamentais (ONG) que são vulneráveis a [tipos de] banditismo, disse. Muitos serviços humanitários são prestados por técnicos de departamentos governamentais e eles também correm o risco de tais ataques. Isto não pode ser tolerado. Exigimos que todos estes trabalhadores possam operar com confiança e segurança na região do Darfur, rematou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *