Há um ano à frente da diocese do Porto, o bispo Manuel Clemente quer dar um novo dinamismo missionário à Invicta
Há um ano à frente da diocese do Porto, o bispo Manuel Clemente quer dar um novo dinamismo missionário à InvictaParece-nos que essa é que é a via a seguir, afirmou em declarações à Rádio Renascença. Esta opção vem na sequência dos congressos internacionais da Nova Evangelização, esperando o prelado que o dinamismo missionário atinja grande parte das comunidades cristãs da diocese.
Num ano que considera muito positivo, destaca a participação e vivência dos cristãos na Igreja da sua diocese. E não esquece o desemprego que afecta não só a cidade mas, também, outras zonas da região norte do país.
Há muito trabalho a fazer, a nível de Estado e de agentes económicos, não propriamente da Igreja. É um trabalho conjunto que passa pela qualificação das pessoas, pela escolaridade e pelo aumento dela e, sobretudo, pela não desistência das escolaridade, sublinha. Para ler outra entrevista de um ano de trabalho, na Família Cristã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *