Desde o início da guerra, o número de soldados americanos mortos atingiu 4. 000, após cinco anos de intervenção americana. Entre os iraquianos calcula-se de 100 mil a um milhão de mortos
Desde o início da guerra, o número de soldados americanos mortos atingiu 4. 000, após cinco anos de intervenção americana. Entre os iraquianos calcula-se de 100 mil a um milhão de mortosOntem, ao cair da tarde de domingo, 23 de Março, morreram mais quatro soldados americanos num ataque terrorista, a sul de Bagdad. Cada morte americana é vivamente sentida pelos chefes militares e pelas suas famílias, quer no teatro de guerra iraquiano quer nas suas casas, comentou o porta-voz do exército americano no Iraque.
O total das perdas de vidas humanas dentro da coligação eleva-se a 4308. além dos 4. 000 americanos, há mais 175 soldados britânicos e 133 de outros contingentes. Mais de 29. 314 é o número de feridos americanos desde o início da guerra. Destes, um terço ficarão mutilados ou enfermos. Entre os mortos, 40 por cento sucumbiram a atentados, na maioria em explosão de minas à passagem de veículos ou de patrulhas a pé.
O ano mais mortífero foi o de 2007, com 901 mortes. O contingente americano conta actualmente 158 mil homens. a título de comparação, recorde-se que a guerra do Vietname, entre 1964 e 1973, casou 58 mil mortos americanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *