Mais de 60 mil pessoas no Norte do país vão ser auxiliadas pelo PaM, depois da passagem do “Jokwe”
Mais de 60 mil pessoas no Norte do país vão ser auxiliadas pelo PaM, depois da passagem do “Jokwe”O governo moçambicano pediu ao Programa alimentar Mundial (PaM) para prestar assistência urgente às mais de 60 mil pessoas que, a Norte, ainda sofrem o impacto da passagem do ciclone Jokwe no início deste mês.
O PaM irá começar a distribuir ajuda alimentar às comunidades mais afectadas pelo ciclone, no início na próxima semana. a intenção da agência das Nações Unidas é a de aproveitar produtos que haviam sido destinados para outras operações. Para repor rapidamente estes produtos, o PaM necessitará de cerca de 550 mil dólares (quase 350 mil euros).
as autoridades nacionais, agências das Nações Unidas e outras organizações humanitárias, estão com o PaM a realizar no terreno uma avaliação das necessidades prementes, na província de Nampula, a zona mais duramente atingida pelo ciclone.
Pelo menos oito pessoas morreram em consequência do Jokwe, que atingiu a costa moçambicana a 8 de Março, com ventos que atingiram os 200 quilómetros por hora, deixando dezenas de milhares de pessoas desabrigadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *