O Presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) defende que o portal da internet onde os casais se podem separar em poucos minutos “é quase uma promoção ao divórcio”
O Presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) defende que o portal da internet onde os casais se podem separar em poucos minutos “é quase uma promoção ao divórcio”Jorge Ortiga considera que o divórcio não é solução e garante que a Igreja nunca aceitará o divórcio, em entrevista à Ecclesia. Para o também arcebispo primaz de Braga, esta medida, é enveredar pelo facilitismo.
Será possível divorciar-se através da internet entre 4 e 20 minutos, desde que estejam disponíveis todos os elementos relativos aos cônjuges e procuradores. O serviço é disponibilizado de forma gratuita para divórcios simples (sem bens ou filhos comuns). Foi lançado a 12 de Março.
O presidente da CEP salienta que ninguém ignora que a vida de amor num casal tem os seus momentos: umas vezes na alegria e felicidade e outros com algumas dificuldades. E alerta: Quando se pretende um amor alheio a qualquer contratempo entra-se no amor platónico. a ponderação e o aconselhamento são fundamentais no matrimónio, aponta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *