O governo português assinou com o seu congénere da Guiné-Bissau dois acordos de cooperação, no valor de 3. 5 milhões de euros
O governo português assinou com o seu congénere da Guiné-Bissau dois acordos de cooperação, no valor de 3. 5 milhões de eurosOs documentos indicam a doação de dois milhões de euros para o Orçamento de estado guineense e de mais 1. 5 milhões de euros para assistência técnica às finanças públicas, informa a Lusa.
O secretário de Estado do Tesouro e das Finanças de Portugal, considera que os documentos assinados são um testemunho importante do relacionamento entre Portugal e a Guiné-Bissau e da confiança nas instituições que deve ser reforçada e deve ser apoiada . O objectivo é apoiar o governo guineense no domínio das finanças públicas para que possa encontrar uma rota de estabilidade e viabilidade ao processo de desenvolvimento económico do país , sublinhou Carlos Costa Pina.
Para o ministro das Finanças guineense, estes acordos são a expressão da vontade política do governo português em contribuir para a estabilidade das finanças públicas da Guiné-Bissau. Issuf Sanhá agradeceu a Portugal a contribuição valiosa que deu ao processo de aprovação do Programa Mínimo de saneamento financeiro e viabilização dos apoios orçamentais, que tem vindo a conceder ao país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *