as pessoas surdas ou com deficiências auditivas podem acompanhar, em tempo real, com legendagem, o Jornal da Tarde e o Telejornal do canal um da estação pública
as pessoas surdas ou com deficiências auditivas podem acompanhar, em tempo real, com legendagem, o Jornal da Tarde e o Telejornal do canal um da estação públicaEm funcionamento desde hoje, 7 de Março, o sistema de legendagem automática por reconhecimento de voz. O sistema de legendagem automática está disponível na página 885 do teletexto da RTP.
É o culminar de uma parceria de sucesso , adiantou o presidente da Federação Portuguesa de Surdos. arlindo Oliveira mostrou-se muito satisfeito pela implementação deste projecto pioneiro , adianta o Diário de Notícias, na sua edição de hoje.
Esta é uma iniciativa inovadora no quadro do serviço público , sublinhou o presidente do Conselho de administração da RTP. Guilherme Costa referiu que haverá mais iniciativas destas ao longo do ano . O responsável sublinhou, contudo, o carácter experimental do projecto, numa chamada de atenção para as falhas que este possa apresentar.
Este serviço funciona de forma automática e é executado através de acções em cascata. a construção da legenda passa por fases como a identificação do orador, o reconhecimento da fala e a geração da legenda, entre outros. Entre o início da fala até à reprodução da legenda decorrem seis segundos, explicou João Paulo Neto, líder da equipa do INESC-ID de Lisboa que desenvolveu tecnicamente o projecto.
as legendas são apresentadas em fundo preto, no topo da página. Mudam de cor conforme os oradores: branco para os masculinos; e amarelo para os femininos. O sistema de reconhecimento identifica já cem mil palavras e é actualizado diariamente , acrescentou o responsável. as legendas ficam visíveis durante um intervalo de tempo correspondente à duração respectiva do áudio produzido .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *