Nos pórticos da piscina de Bethzatha, em Jerusalém, jaziam muitos doentes. Entre eles, um homem que estava enfermo há 35 anos. Cfr. João 5, 5
Nos pórticos da piscina de Bethzatha, em Jerusalém, jaziam muitos doentes. Entre eles, um homem que estava enfermo há 35 anos. Cfr. João 5, 5Reflexão: Pensemos na vida como uma escola onde aprendemos, com o passar dos anos, a relacionar-nos com Deus e com os outros. Para isso precisamos de nos conhecermos a nós próprios. Ninguém nasce perfeito ou ensinado.
Deus deixou no coração de todos, sem distinção de raça, cor, credo, partido ou cultura, a capacidade de amar e ser amado. Para nós, cristãos, Jesus é o Mestre de vida. O seu evangelho é o nosso livro de estudo.
Tanto na oração, como na Eucaristia, aprendemos a torná-lo vivo e compreensivo para todos à nossa volta, amando-os como Jesus nos ama.
Oração: Jesus, nosso evangelho, ensina-nos a saber estudar com humildade as lições e desafios do teu evangelho. Queremos tornar-nos cada vez mais teus verdadeiros discípulos. Ámen.
acção: Que aprendem os outros em mim? Que aprendem sobre Deus?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *