Em 2009, a Líbia celebra o 40º aniversário da revolução. Muammar Ghefaffi anuncia nova revolução. Desta vez económica
Em 2009, a Líbia celebra o 40º aniversário da revolução. Muammar Ghefaffi anuncia nova revolução. Desta vez económica a partir do 40º aniversário da revolução, o povo líbio administrará directamente os lucros do petróleo, proclamou solenemente Muammar Ghefaffi. as entradas serão distribuídas de maneira equitativa pelas famílias e utilizadas autonomamente. Falando em Sirte, a 400 quilómetros de Tripoli, Gheddafi denunciou a corrupção e os desperdícios e anunciou, de facto, uma nova revolução no país.
O coronel líbio afirmou diante de centenas de delegados do Congresso do Povo: Já não é aceitável que um líbio viva na pobreza, uma vez que o país é rico de petróleo. E prometeu: Vós deveis ser ricos.
Muammar Gheddafi pretende eliminar os furtos e os desperdícios do estado. ao celebrar o 31º aniversário da construção da Jamahiriya – o estado das massas – o líder líbio anunciou em Sirte o desmantelamento das estruturas intermédias da administração do estado.
Os comités populares serão substituídos por novos comités que farão a gestão de hospitais, escolas e estruturas produtivas. Muammar Ghefaffi exortou no seu discurso: Tomai em mãos os centros sanitários existentes e distribuí-os pelos médicos que os queiram gerir. Pegai nas escolas e encarregai-vos do ensino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *