a diocese da Guarda está a inventariar as peças de arte, com o objectivo de facilitar a sua recuperação em caso de roubo
a diocese da Guarda está a inventariar as peças de arte, com o objectivo de facilitar a sua recuperação em caso de rouboO levantamento das peças de arte existentes na diocese está a ser efectuado desde 1999 e já conta com milhares de peças de várias paróquias. O padre Francisco Vilar, presidente da Comissão Diocesana de arte Sacra salienta quee já foi efectuado o levantamento completo do concelho de Seia e de diversas paróquias dos municípios de Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel, almeida e Guarda.
O trabalho que está a ser efectuado é quase uma espécie de Bilhete de Identidade , pois todas as peças são fotografadas, medidas e passam a ter um número de código . Cada peça está identificada com um número de inventário e, a partir do momento que temos a descrição, a sua identificação será mais fácil em caso de furto , referiu à agência Lusa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *