Jesus perguntou-lhes: Vós, quem dizeis que Eu sou? Cfr. Mateus 16, 15 – Festa da Cátedra de São Pedro
Jesus perguntou-lhes: Vós, quem dizeis que Eu sou? Cfr. Mateus 16, 15 – Festa da Cátedra de São PedroReflexão: Como foi possível que, no tempo de Jesus, as pessoas tivessem dificuldade em acreditar que Ele era o Messias? Esperavam um guerreiro poderoso, capaz de guiar um exército que, em poucos dias, expulsasse o invasor romano de retorno a Roma. Israel voltaria a ser novamente uma nação grandiosa e abençoada por Deus.
Por outro lado, o Messias não podia ser um sujeito estranho e contraditório como Jesus. a sua maneira de pensar e o seu actuar eram em tudo contrários à figura do Messias libertador.
Muitas vezes, não compreendemos quem é verdadeiramente Cristo. Ou então acreditamos num outro Messias completamente diferente do real: aquele que tem de fazer a nossa vontade, isto é, tornar-se nosso escravo.
Oração: Jesus, nosso Messias, ajuda-nos a entender a tua lógica. ajuda-nos a converter o nosso coração, para nos tornarmos teus servos e não patrões. Ámen.
acção: acredito num Cristo que faz as minhas vontades ou num Cristo que quero servir, amando os outros tal como Ele me ama?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *