“Queremos contribuir para que a Europa não perca as suas raízes profundas”
“Queremos contribuir para que a Europa não perca as suas raízes profundas”Nós, religiosos e religiosas, sentimo-nos filhos desta Europa de dolorosa história, com as mesmas tensões, contradições e fraquezas, mas somos também portadores de um grande projecto de espiritualidade e de fraternidade.
Na mensagem final da reunião que juntou as 38 Conferências nacionais dos Superiores Maiores de 26 países de toda a Europa, os consagrados definem a Europa como terra de grandes possibilidades e de impulsos de solidariedade, de tantas pobrezas com novos nomes, projecto audaz de unidade e encruzilhada de individualismos nacionais.
Na assembleia-geral da UCESM que decorreu de 11a17 de Fevereiro de 2008, na Bélgica, os participantes defenderam que animados pela paixão pela humanidade, pomos em prática os meios que possam restituir dignidade à pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *