O número dois do Vaticano inicia amanhã, quarta-feira, uma visita a Cuba, de uma semana. Encontrar-se-á com o presidente interino, Raul Castro e com os bispos
O número dois do Vaticano inicia amanhã, quarta-feira, uma visita a Cuba, de uma semana. Encontrar-se-á com o presidente interino, Raul Castro e com os bispos a deslocação de Tarcísio Bertone marca o décimo aniversário da visita do Papa João Paulo II a Cuba, em Janeiro de 1998. a Conferência Episcopal dos Bispos Católicos Cubanos anunciou que o cardeal vai encontrar-se com os bispos cubanos e que celebrará missa no adro da catedral de Havana.
O ministro dos Negócios Estrangeiros Cubanos considera que todos os temas serão discutidos com respeito e cordialidade, incluindo pontos onde pode não haver convergências . Felipe Perez Roque considera que esta visita é uma demonstração da comunicação fluida e respeitosa entre o Governo e a Igreja Católica de Cuba .
Por seu turno, a oposicionista Marta Beatriz Roque afirmou desejar que o número dois do Vaticano peça ao governo a libertação de presos políticos e o fim da repressão contra os dissidentes. Sabemos como é difícil para um visitante dialogar com as autoridades sobre esta matéria , escreveu Marta Roque entregue na Nunciatura em Havana. apesar de tudo, peço que inclua este tema nas conversações, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *