“Nenhuma mulher deve morrer dando vida”. Nações Unidas recolhem fundos para salvar a vida de mulheres em 75 países
“Nenhuma mulher deve morrer dando vida”. Nações Unidas recolhem fundos para salvar a vida de mulheres em 75 paísesEnquanto uma mulher morre a cada minuto por complicações na gravidez ou no parto, o Fundo da População das Nações Unidas (UNFPa, na sigla inglesa) apelou esta sexta-feira para a recolha de quase 500 mil dólares para salvar a vida de muitos milhões de mulheres em 75 países.
Nenhuma mulher deve morrer dando vida, afirmou Thoraya ahmed Obaid, directora executiva da UNFPa. Para se ter uma sociedade saudável, é necessário ter mães saudáveis.
anualmente registam-se meio milhão de mortes maternas. Para combater estes números, a agência espera reunir 465 milhões de dólares (pouco mais de 317 milhões de euros) para apoiar as mulheres nos países mais necessitados durante os próximos quatro anos.
Os progressos na área da saúde materna têm sido lentos em muitos países, devido à falta de vontade política, mas também por recursos insuficientes.
Obaid exortou os países a reforçar os seus investimentos nos sistemas nacionais de saúde, na formação de parteiras e na promoção do planeamento familiar. Milhões de mortes e de deficiências poderiam ser evitadas, se todas as mulheres tivessem acesso a serviços de saúde reprodutiva, rematou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *