O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) considera que a decisão do Papa é “uma provocação e um apelo” a todos os cristãos para que procurem a santidade
O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) considera que a decisão do Papa é “uma provocação e um apelo” a todos os cristãos para que procurem a santidadeEm retiro em Fátima, o também arcebispo de Braga, Jorge Ortiga exprimiu a sua satisfação em relação à decisão do Papa de abreviar o prazo para iniciar o processo de beatificação da irmã Lúcia. À Sala de imprensa do Santuário, afirmou que para nós que acreditamos seriamente e que sabemos que a nossa vocação é para a santidade, que é um dom de Deus, é uma grande alegria este anúncio da antecipação.
O presidente da CEP defende que esta decisão é uma provocação, é um apelo, para todos nós, para que sejamos testemunhos de uma vida de santidade, que as nossas acções sejam de uma vida mais evangélica e de valores. Para o prelado a santidade é para todos e salienta que não se deve pensar nela como algo de extraordinário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *