Mais de 400 grupos, movimentos, escolas e paróquias australianas assinaram um acordo para proporcionar a jovens de zonas pobres da Oceânia a participação na Jornada Mundial da Juventude
Mais de 400 grupos, movimentos, escolas e paróquias australianas assinaram um acordo para proporcionar a jovens de zonas pobres da Oceânia a participação na Jornada Mundial da JuventudeO projecto chamado PPSP, sigla inglesa de Pilgrim partnership Support Program, programa de apoio a peregrinos, foi lançado em Maio de 2007. a 153 dias do início da JMJ, de 15 a 20 de Julho, na austrália, o comité organizador já deu a conhecer os primeiros resultados. Esperamos 3. 500 jovens da Oceânia.
Com um esforço suplementar dos apoiantes, tanto australianos como neozelandeses, será possível chegar aos 6. 000, esperam os organizadores. Os jovens são de 19 países. Entre outros há jovens da Nova Papua, Nova Guiné, Ilhas Cook, Figi, Timor-Leste e Samoa, explica Therese Nichols, responsável do programa.
as modalidades de ajuda são diversas. Pode-se contribuir com o pagamento de uma parte do bilhete de avião, do custo das inscrições, mesmo com a oferta de vestuário ou outra coisa útil para a estada dos peregrinos. Todos os pormenores do programa de apoio estão disponíveis no site da JMJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *