Provenientes de 127 países, mais dois milhões e meio de seres humanos são vítimas de tráfico que alimentam negócios ilí­citos de 31,7 milhões de dólares
Provenientes de 127 países, mais dois milhões e meio de seres humanos são vítimas de tráfico que alimentam negócios ilí­citos de 31,7 milhões de dólaresOs números do tráfico de seres humanos são fornecidos pelas Nações Unidas (ONU) no primeiro fórum sobre o tráfico a decorrer em Viena de Áustria até 15 de Fevereiro. O sangue, o suor e as lágrimas das vítimas estão nas mãos dos consumidores de todo o mundo.
O director do executivo da secção da ONU para o controlo da droga e a prevenção do rime, antónio Maria Costa, classifica o fenómeno como um monstro cuja, forma, dimensão e ferocidade só se podem imaginar.
É hora do mundo abrir os olhos diante desta forma moderna de escravatura. Não basta a indignação para parar este processo; é preciso reforçar as medidas da lei. No fórum as medidas a pôr em prática para prevenir estas ilegalidades e entregar os responsáveis à justiça.
as modernas tecnologias são inovativas neste campo e permitem a individuação dos percursos mais frequentes utilizados por quem comete este tipo de crimes. É possível bloquear todas as transacções suspeitas realizadas por Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *