Diversas paróquias da Coreia do Sul, sobretudo na diocese de Seul, têm feito sucesso com o projecto “Universidade dos Idosos”
Diversas paróquias da Coreia do Sul, sobretudo na diocese de Seul, têm feito sucesso com o projecto “Universidade dos Idosos” a sociedade coreana vai envelhecendo rapidamente. É urgente oferecer aos idosos possibilidades e meios de usarem o seu tempo e capacidades de forma activa e criativa. Os lares de idosos são muito poucos. E os poucos que existem são acessíveis ao bolso de poucos. Daí a necessidade de iniciativas. a Igreja não quer ficar de fora. Num destes domingos, o pároco de Wa Su-Dong, diocese de Incheon, onde colaboro aos domingos, convidou os paroquianos a participarem no projecto Universidade dos Idosos. Pediu às pessoas com mais de 65 anos para se inscreverem. aos demais fiéis solicitou apoio financeiro para o projecto. Deste modo as pessoas com poucos recursos económicos poderão usufruir. a partir de Março, a paróquia irá dar início a mais uma actividade pastoral, em que participarão cera de 200 idosos. as inscrições estão abertas a todos, mesmo que não sejam católicos. a Universidade dos Idosos desenvolve uma série de actividades que favorece o convívio e, ao mesmo tempo, uma maior ligação à paróquia. Duas vezes por semana, com almoço assegurado, os idosos participarão em actividades que vão desde a ginástica à música tradicional, passando pelos jogos tradicionais e outras actividades de carácter recreativo. Em várias paróquias, a dimensão religiosa está também presente, sobretudo através do estudo da Bíblia. Os professores serão, em boa parte, voluntários da mesma paróquia. Desta forma, a Igreja colabora com o resto da sociedade para proporcionar aos idosos um modo dinâmico e criativo de passarem o tempo. ao mesmo tempo, eles têm a possibilidade de se sentirem membros úteis e activos, seja na sociedade, seja na paróquia. ao longo do ano serão feitos também passeios e uma peregrinação. No fim de cada semestre de actividades fazem-se concertos e representações várias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *