O bispo emérito de Dí­li condenou os actos de violência em Timor-Leste e apelou “ao diálogo entre os timorenses, no respeito pela Constituição e pelo Estado de Direito”
O bispo emérito de Dí­li condenou os actos de violência em Timor-Leste e apelou “ao diálogo entre os timorenses, no respeito pela Constituição e pelo Estado de Direito”Ximenes Belo afirmou estar profundamente triste com os últimos acontecimentos que feriram com gravidade o presidente timorense, Ramos Horta. Peço a Deus que ilumine os timorenses para terem respeito uns pelos outros, sublinhou.
O prelado adianta que é com infelicidade que observa que o esforço feito nos últimos dois anos não teve qualquer efeito. O bispo emérito considera também que estes incidentes devem levar a um exame de consciência, referindo que a situação já era muito difícil em 2006.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *