“acolhe a diversidade: abre as portas à igualdade” é o lema que subjaz a mais uma semana de sensibilização, apelo à solidariedade e partilha de bens e afectos
“acolhe a diversidade: abre as portas à igualdade” é o lema que subjaz a mais uma semana de sensibilização, apelo à solidariedade e partilha de bens e afectosDe 16 a 24 de Fevereiro decorre a Semana nacional da Cáritas com várias iniciativas previstas, em diversos pontos do país. O mais visível, a nível nacional será o ofertório das eucaristias do terceiro domingo da Quaresma, 24 de Fevereiro.
Na mensagem acolher a diversidade exige a educação do olhar que dirige a todos os organismos diocesanos e a todos, em geral, o presidente da Cáritas Portuguesa assinala o trabalho desenvolvido ao lado dos que mais precisam.
Os empobrecidos pelo nosso moderno ‘estilo de vida nacional’ – sempre
menos sóbrio, poupado e simples – pululam a olhos vistos nas nossas cidades e vilas. Esses nossos irmãos e irmãs, em situação de vulnerabilidade, são denúncia pública de um sistema económico, laboral e político que, por mais europeu e rico que se queira proclamar ao mundo, se apresenta sempre mais exclusivista, selectivo, competitivo e desigual, afirma Eugénio da Fonseca.
O responsável alerta para a necessidade de educar o olhar. a caridade cristã também depende do olhar! Reconheço que não nos sabemos olhar uns aos outros com o mesmo olhar com que Deus sempre olhou para a humanidade, frisa.
É, sobretudo, a nós cristãos leigos que a Igreja confia, em fidelidade ao
príncipio da subsidiaridade, a aplicação prática e adequada dos princípios de
reflexão, critérios de julgamento e directrizes de acção próprias da Doutrina
Social da Igreja, aponta o presidente da Cáritas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *