Jesus foi conduzido ao deserto pelo Espírito, para aí­ ser tentado pelo diabo Cfr. Mateus 4,1
Jesus foi conduzido ao deserto pelo Espírito, para aí­ ser tentado pelo diabo Cfr. Mateus 4,1Reflexão: Uma das nossas tentações mais habituais é queremos ser nós a guiar a nossa própria vida. Somos adultos e fazemos tudo o que podemos para sermos felizes. Mas, muitas vezes, o nosso conceito de felicidade está em oposição com o de Jesus.
Ele foi tentado a possuir a felicidade que o mundo oferece. Mas recusou a oferta. Deste modo ensinou-nos que a verdadeira felicidade se encontra em Deus e em fazer a sua vontade. Se Deus é amor, significa que fazer a sua vontade é amar. Jesus amou sempre com um coração grande e humilde, servindo e perdoando os outros com gestos de consolação e compaixão. Em oposição à lógica do amor egoísta do mundo
Oração: Jesus, nosso guia, ensina-nos a arte do verdadeiro amor. Ensina-nos a desejar encontrar-te nos outros e não apenas nas minhas devoções e orações. Ámen.
acção: Quais são as minhas maiores tentações?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *