Para cada dia da Quaresma propomos uma breve reflexão. Por mais estranho que pareça, a alegria tem uma relação profunda com o percurso quaresmal. é o distintivo do ser cristão
Para cada dia da Quaresma propomos uma breve reflexão. Por mais estranho que pareça, a alegria tem uma relação profunda com o percurso quaresmal. é o distintivo do ser cristãoNo início da Quaresma, quero convidar-vos a viver este período de graça com fé e alegria. Pode parecer estranho falar de alegria para a Quaresma, sobretudo quando os temas centrais são bastante sérios: conversão, pecado, humildade, cruz e morte.
Em geral, a alegria é associada à Páscoa. Mesmo quando Jesus aparece retratado com uma cara demasiado séria. Se acreditarmos verdadeiramente na Ressurreição, viveremos a nossa fé com imensa alegria. apesar dos momentos de dor, de sofrimento e de dúvida sobre Deus ou acerca os outros – e até sobre a nossa própria existência – a alegria será sempre um dos elementos que nos identifica como verdadeiros cristãos diante dos outros.
Devemos viver em alegria, porque sabemos que Deus nos acompanha ao longo da estrada da vida. Ele é o nosso companheiro de viagem em direcção à vida eterna. É a nossa protecção, a nossa esperança, a nossa motivação mais profunda para continuarmos a caminhar.
Que esta Quaresma seja um tempo de reflexão profunda sobre o modo como estamos a viver a nossa relação com Deus e com o próximo. Esta reflexão levar-nos-á a mudar as nossas atitudes mais negativas e a viver na verdadeira alegria de Deus. alegria que brota da partilha, do perdão, da paz do coração e do serviço. Desejo a todos uma santa e alegre Quaresma.
VEM, ESPÍRITO D a aLEGRIa
Deus Pai, envia-nos o teu Espírito Santo, para podermos viver na alegria. Envia-nos o teu Espírito Santo, para podermos falar de Ti a todos com a nossa vida, com o perdão, com o serviço, com a humildade e a paz.
ajuda-nos a viver esta Quaresma com o coração disponível à oração e à conversão, e, sobretudo, ao serviço e ao amor. Ámen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *