Igreja tem a responsabilidade de “reiterar os grandes valores em jogo e de propor”, a todos os homens de boa vontade, princípios éticos e morais, acentuou o Pontífice
Igreja tem a responsabilidade de “reiterar os grandes valores em jogo e de propor”, a todos os homens de boa vontade, princípios éticos e morais, acentuou o Pontífice Quando seres humanos, no estado mais frágil e mais indefeso de sua existência, são seleccionados, abandonados, assassinados ou utilizados como puro ‘material biológico’, como negar que eles foram tratados não mais como um ‘alguém’, mas como um ‘alguma coisa’, colocando assim em questão o próprio conceito de dignidade do homem? .
Num discurso aos participantes da Sessão Plenária da Congregação para a Doutrina da Fé, Bento XVI assinalou que técnicas como a fecundação in vitro infringiram a barreira para a tutela da dignidade humana . a ciência, apontou, deve reger-se pelo respeito incondicional do ser humano desde sua concepção até a morte e o respeito da originalidade da transmissão humana através dos actos dos cônjuges .
O Papa defende que a Igreja aprecia e encoraja o progresso das ciências biomédicas que abrem perspectivas terapêuticas até então desconhecidas, mediante as terapias voltadas à restituição da fertilidade ou ao tratamento das doenças genéticas . Mas, não pode e não deve intervir sobre cada novidade da ciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *