José Manuel Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia deverá estar entre os candidatos ao Nobel da Paz de 2008, anuncia hoje a agência France Presse (aFP)
José Manuel Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia deverá estar entre os candidatos ao Nobel da Paz de 2008, anuncia hoje a agência France Presse (aFP)O presidente de Timor-Leste, José Ramos Horta, também Nobel da Paz em 1996, indicou que havia proposto a candidatura do português por entender que a Comissão Europeia trabalha no sentido de um diálogo pacífico, contribui abundantemente para as forças da ONU, e auxilia os refugiados .
Também o presidente argelino abdelaziz Bouteflika, o ex-chanceler alemão Helmut Kohl e o Esperanto, são candidadtos, avança a aFP um dia antes da data limite para a apresentação de nomeações . O presidente argelino conta com o apoio dos deputados do seu país; a candidatura do Esperanto, considerada língua de paz foi apresentada por dois parlamentares helvéticos. O nome de Kohl foi apresentado, pela participação no desfecho pacífico da Guerra Fria e na reconciliação da Europa, pelo também laureado Gorbatchev,
Prevê-se que a edição de 2008 seja muito aberta , considerou Stein Toennesson, director do Instituto de Investigação para a Paz de Oslo e observador atento da para a realidade dos prémios Nobel. O que deverá dar ao comité Nobel uma nova possibilidade para consagrar um candidato pouco conhecido e abrir o caminho aos Direitos humanos ou à Paz, num conceito um pouco mais estreito do termo , considerou.
Na primeira reunião, a 26 de Fevereiro, os cinco membros do comité Nobel poderão também nomear candidatos. O nome do laureado deverá ser conhecido em Outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *