Semanas depois do ciclone que atingiu o país, ainda há milhares de pessoas que necessitam de apoio, sobretudo na alimentação
Semanas depois do ciclone que atingiu o país, ainda há milhares de pessoas que necessitam de apoio, sobretudo na alimentaçãoLargas semanas depois do ciclone que afectou o Bangladesh, os preços dos produtos alimentares estão a ameaçar os muito pobres, incluindo as crianças que sofrem de altas taxas de desnutrição, porque não conseguem adquirir bens de primeira necessidade, alertou o Programa alimentar Mundial (PaM), apelando para que a comunidade internacional continue a apoiar as operações neste país.
O PaM está a fornecer rações alimentares – que consistem em arroz, lentilhas, óleo, sal e biscoitos energéticos, todos entregues em colaboração com o Governo e organizações não-governamentais.
No entanto, o organismo necessita urgentemente de 22 milhões de dólares (quase 15 milhões de euros) para manter a sua assistência de emergência até meados de Maio para mais de dois milhões de pessoas atingidas – que no caso são os mais pobres e mais vulneráveis.
O ciclone Sidr matou mais de três mil pessoas quando atingiu a costa do Bangladesh no final de 2007.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *