O presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social (CNIS) criticou a Política “concentracionista” do governo
O presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social (CNIS) criticou a Política “concentracionista” do governoFecha tudo no mesmo sítio, escolas, urgências e maternidades. Muitos encerramentos eram inevitáveis, mas era preciso que houvesse uma política de ordenamento e de novas centralidades que não se verifica, afirmou Lino Maia, citado pela Lusa.
O ‘concentracionismo’, o envelhecimento da população no ‘coração’ da cidade e os números alarmantes do desemprego em todo o distrito, foram as principais preocupações transmitidas por Lino Maia aos deputados socialistas eleitos pelo círculo do Porto.
No final da reunião, o presidente do Grupo Parlamentar do PS, explicou que o objectivo destes encontros é ouvir instituições e associações não governamentais ligadas à Segurança Social e à solidariedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *