Os terroristas de al-Qaeda libertaram as 250 crianças da escola de Karak, que mantinham como reféns, depois de um tiroteio com a polícia. alunos e alguns professores encontram-se em boas condições
Os terroristas de al-Qaeda libertaram as 250 crianças da escola de Karak, que mantinham como reféns, depois de um tiroteio com a polícia. alunos e alguns professores encontram-se em boas condiçõesEm troca de um salvo-conduto, o grupo de extremistas libertou as crianças e os seis professores. Foram precisas diversas horas para o êxito das negociações com as autoridades políticas e religiosas locais.
a comunicação social paquistanesa refere que os extremistas estavam armados de granadas e bazucas. Depois de um primeiro confronto com as forças de segurança, que os interceptou o grupo, refugiaram-se na escola, sequestrando as crianças dos sete aos 12 anos.
as negociações garantiram aos sequestradores a fuga em segurança, concedendo-lhes um salvo-conduto. Mais um episódio de violência, a 250 quilómetros de Islamabad, junto da fronteira com o afeganistão. São zonas tribais em que se desenrolam combates há vários meses entre talibãs e o exército paquistanês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *