a 38º edição do Fórum Económico Mundial que terminou lançou um apelo à “liderança colaborativa” na luta contra a pobreza
a 38º edição do Fórum Económico Mundial que terminou lançou um apelo à “liderança colaborativa” na luta contra a pobrezaUma declaração conjunta de várias personalidades (Bill Gates, Bono, Ban Ki-Moon, Rania al abdullah da Jordânia e Charles Schwab, entre outros) deixou o apelo para que 2008 constitua um ano de viragem na luta contra a pobreza e na concretização dos chamados Objectivos do Millennium (ONU).
Tony Blair, também co-presidente desta edição anual do Fórum manifestou a sua convicção que o futuro obriga a um esforço conjunto, tendo por base valores comuns. Um Fórum que terminou numa onda de pessimismo económico, algo pouco comum. ainda assim, os sinais positivos: o primeiro-ministro japonês Yasuo Fukuda anunciou um plano de cinco anos, no valor de 10. 000 milhões de dólares, que será canalizado para o conter o aquecimento global nos países em desenvolvimento, adianta site Dinheiro digital.
a Fundação Bill e Melinda Gates anunciou 306 milhões de dólares em donativos para desenvolvimento agrícola com o objectivo de aumentar o rendimento de milhões de agricultores e respectivas famílias em África.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *