Um grupo integralista islâmico entrou numa escola e fez dezenas de reféns. a acção seguiu-se a um tiroteio com a polícia
Um grupo integralista islâmico entrou numa escola e fez dezenas de reféns. a acção seguiu-se a um tiroteio com a políciaEntre 200 a 250 alunos do nordeste do Paquistão foram tomados como reféns por um grupo fundamentalista islâmico numa escola. Esta encontra-se perto de zonas tribais onde se escondem extremistas da al-Qaeda. Estes ter-se-iam refugiado na escola próxima de Karak depois do tiroteio, segundo referem fontes oficiais paquistanesas.
Sete terroristas tomaram como reféns as crianças de uma escola, comunicou o ministro da administração Interna, Hamid Nawaz. Os terroristas exigem poder ir-se embora livres. Os extremistas tentaram sequestrar um indivíduo que trabalha na saúde. atacados pelas forças de segurança, fugiram debaixo de fogo, tendo um membro do grupo sido abatido.
O ocnfronto acontece no dia em o presidente Pervez Musharraf se encontra com o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, última etapa da sua viagem pela Europa. Pervez Musharraf tem feito a defesa das instituições democráticas e garantiu que o país terá eleições políticas livres e regulares a 18 de Fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *