as Nações Unidas (ONU) abriram o primeiro campo de deslocados internos na República Centro-africana
as Nações Unidas (ONU) abriram o primeiro campo de deslocados internos na República Centro-africanaacolhe 900 pessoas que tiveram de abandonar as casas devido à violência de grupos armados dedicados ao roubo, adianta a Lusa. Encontra-se situado na cidade de Kabo, no norte do país.
ali encontram-se 4. 300 dos 197 mil deslocados. Isto sem contabilizar com as 98 mil pessoas ue se refugiaram nos países vizinhos do Chade e dos Camarões.
Num momento em que existe um diálogo político e em que parece ter-se reduzido a tensão entre o Governo e os grupos militantes é profundamente preocupante que os habitantes da Republica Centro – africana tenham de abandonar as suas casas , disse o subsecretário geral da ONU para assuntos Humanitários, John Holmes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *